Prefeito Vanazzi ficou sabendo que obras na BR-116 está no orçamento do governo Lula

25 de janeiro de 2023 - 06:58

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, recebeu a informação ontem (24) que os recursos destinados para a conclusão das obras na BR-116 no trecho metropolitano de Porto Alegre, entre a capital e Novo Hamburgo, já constam no Orçamento da União para este ano. Inicialmente, inclusive no anúncio dos 100 dias feito pelo Ministério dos Transportes, havia previsão apenas para a Região Sul e o trevo de acesso a Dois Irmãos, nesta rodovia.

No orçamento do Ministério da Infraestrutura, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), está relacionado o valor de R$ 174 milhões para “adequação do trecho rodoviário entre Porto Alegre e Novo Hamburgo”, o que deve ser suficiente para a conclusão da obra. Em São Leopoldo, a pista será triplicada, com ampliação da ponte sobre o Rio dos Sinos, e também intervenção no bairro Scharlau.

“Recebemos a informação em primeira mão do deputado estadual eleito Miguel Rossetto e quando da confirmação por documento oficial, comemoramos que nossas articulações, tanto com o DNIT desde o ano passado, como em dezembro, durante as conversas que tivemos com equipe de transição do governo Lula, prosperaram”, diz o prefeito leopoldense.

Vanazzi pediu uma agenda com o ministro Renan Filho justamente para reivindicar a liberação dos recursos, já que a obra foi paralisada pelo governo de Bolsonaro.

“Esta obra é de fundamental importância para toda a Região Metropolitana e especialmente para nós, aqui em São Leopoldo. Sofremos muito com os congestionamentos diários na rodovia, o que acaba prejudicando também a mobilidade dentro da cidade, nas ruas centrais e no acesso aos bairros”, destaca Vanazzi. “Vamos esperar que os trâmites legais andem com celeridade e que os trabalhos sejam retomados em breve.” “Temos informação de que o DNIT já está agendando reunião com nossos técnicos para discutir a retomada e os impactos da obra na cidade.”

Na próxima semana, Vanazzi deve viajar a Brasília e uma das agendas será no Ministério dos Transportes.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo