Policial militar morre em assalto a carro-forte no aeroporto de Caxias do Sul; perseguição segue

20 de junho de 2024 - 06:21
Por Leouve

Uma tentativa de roubo a carro-forte no Aeroporto Hugo Cantergiani de Caxias do Sul na noite desta quarta-feira (19) terminou em tragédia, com a morte de um policial militar e de três criminosos envolvidos. A Brigada Militar foi acionada por volta das 20h e, ao chegar ao local, enfrentou intensa troca de tiros com os assaltantes. As mortes foram confirmadas pela BM por meio de nota.

O confronto resultou no ferimento grave de um policial militar, que foi rapidamente levado ao hospital, mas não resistiu e faleceu. A identidade do policial ainda não foi divulgada oficialmente, mas a notícia gerou uma onda de comoção e solidariedade entre os colegas de farda e a população local.

Durante o tiroteio, um criminoso também foi morto – a morte de outros dois membros da quadrilha foi mencionada, mas não confirmada até a noite desta quarta. Os demais integrantes conseguiram escapar para uma área de mata próxima ao aeroporto. Em resposta, a Brigada Militar montou uma operação de grande escala para capturar os fugitivos, que utilizam de armamento de grande porte e inclusive, tripulando veículo com adesivo da Polícia Federal, além de estarem com vestimentas da corporação.

Equipes do Comando de Policiamento de Choque, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do Batalhão de Aviação da Brigada Militar foram acionadas e, juntamente com o 12º Batalhão de Polícia Militar (12° BPM), estão realizando um cerco na região. A operação, que continua em andamento, envolve buscas aéreas e terrestres com a utilização de drones e helicópteros para localizar os criminosos.

O aeroporto de Caxias do Sul permanece sob forte vigilância enquanto as autoridades trabalham para garantir a segurança do local e prender os envolvidos no assalto. O comando da Brigada Militar reforçou o compromisso com a segurança pública e declarou luto pela perda do policial, destacando a coragem e a dedicação dos agentes que enfrentam situações de alto risco para proteger a comunidade.

As investigações prosseguem para identificar todos os envolvidos no crime e entender a dinâmica do assalto. Informações adicionais serão divulgadas conforme a ocorrência evolui e novos dados forem confirmados.

Atuaram na ocorrência também, Polícia Federal, Polícia Civil, Exército e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo