Stihl inaugura usina fotovoltaica com mais de 2,1 mil painéis solares na fábrica em São Leopoldo

11 de julho de 2024 - 14:16

A Stihl, recentemente, inaugurou a expansão do Centro de Distribuição, localizado na fábrica de São Leopoldo, e neste prédio foi instalada uma das maiores usinas fotovoltaicas de telhado do Brasil, que será inaugurada no dia 12 de julho. São, ao todo, mais de 2,1 mil painéis instalados na cobertura do prédio, que tem 21.600m². Com capacidade total de mais de 1 MWp a usina será capaz de gerar até 1,4 GWh por ano. Isto torna o prédio 43 – que abriga o Centro de Distribuição e áreas administrativas – autossuficiente, ou seja, produzirá toda a energia que consome ao longo do ano. Esta energia solar gerada representa 10% da demanda total da empresa, que equivale ao consumo de mais de 820 residências e poderia atender a carga diária de mais de 80 veículos elétricos.

“O investimento faz parte do compromisso da Stihl em neutralizar emissões de carbono, aumentar a eficiência energética, consumir apenas energia limpa, além de produzir o máximo possível em sua sede. Os investimentos da STIHL estão sempre alinhados com conceitos de sustentabilidade e inovação focados na competitividade da empresa no mercado global, desta forma, seguiremos destinando esforços para aumentar a capacidade de produção de energia limpa na fábrica de São Leopoldo”, afirma o presidente da STIHL, Cláudio Guenther.

O sistema de fixação contém mais de 11 mil grampos que não perfuram o telhado e garante a resistência a ventos de mais de 160 km/h. Foram instalados também 9 inversores, que transformam a produção de energia contínua em energia alternada, com 100 kW cada, além de 33 km de cabos.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo