Cão de faro Baruk, responsável pela apreensão de três toneladas de maconha em São Leopoldo em 2021, se aposenta da PRF

8 de julho de 2024 - 10:47

A Polícia Rodoviária Federal irá aposentar o cão de faro Baruk. Da raça Pastor-belga-malinois, ele tem seis anos de idade e três anos e meio de serviços prestados à sociedade. O cão participou de algumas das maiores apreensões de drogas da PRF no Rio Grande do Sul.

O cachorro foi incorporado ao Grupo de Operações com Cães (GOC) do estado em janeiro de 2021, quando tinha dois anos e meio de idade. Ele foi adquirido pelos próprios policiais rodoviários federais e doado à PRF na implantação do GOC/RS em Porto Alegre.

Com temperamento forte, mas determinado em suas buscas por drogas, armas e munições, ele participou de dezenas de ocorrências que resultaram na apreensão de quantidade de drogas, entre maconha, cocaína, skunk e crack. Destaque para a apreensão de três toneladas de maconha escondidas em fundos falsos de um caminhão utilizado para transporte de porcos, abordado em São Leopoldo no ano de 2021.

Baruk passa por tratamento de saúde e permanecerá no canil da PRF recebendo todos os cuidados necessários. Para o cão policial, a busca por drogas, armas e munições não passa de uma diversão, cujo prêmio para quando ele localiza algum ilícito, é poder se divertir com o seu brinquedo favorito. Agora Baruk passa a curtir a sua aposentadoria com uma rotina adaptada a sua nova condição, com o descanso merecido, sem deixar de lado as brincadeiras que tanto gosta.

Cão de Faro Baruk em números:

  • Ocorrências: 42
  • Apreensões
  • 4.2 toneladas de maconha
    102 quilos de cocaína
    140 quilos de pasta base de cocaína
    51 quilos de skunk
    10 quilos de crack
    442 unidades de esctasy
    938 gramasde haxixe
    7 munições
    2 armas
Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo