Viagens interestaduais voltam a partir da Estação Rodoviária de Porto Alegre nesta quinta-feira

13 de junho de 2024 - 12:02

A partir desta quinta-feira (13), as viagens interestaduais que saíam de Osório voltarão a partir da Estação Rodoviária de Porto Alegre. São cerca de 30 horários e 11 empresas disponibilizando viagens para Santarém, Foz do Iguaçu, Jaraguá do Sul, Florianópolis, Criciúma, Curitiba, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Brasília e Posadas, na Argentina.

De acordo com estudos de viabilidade das empresas, o número de horários deve ser ampliado e a quantidade de rotas deve ser aumentada gradativamente. Para verificar a disponibilidade de horários e realizar a compra de bilhetes, os passageiros devem acessar os sites das empresas.

“Esta quinta-feira marca mais um importante momento na retomada do Rio Grande do Sul. O restabelecimento das viagens interestaduais saindo da Estação Rodoviária de Porto Alegre é fundamental para que nossa logística e o deslocamento dos gaúchos siga retornando à normalidade”, destaca o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella.

De acordo com a diretora de Transportes Rodoviários do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Luciana Azevedo, os embarques interestaduais ocorrerão somente até as 21h. Após esse horário, as viagens continuam partindo de Osório. Como a rodoviária ainda não está operando com cem por cento de sua capacidade, o funcionamento dela é de 6h às 21h.

As operações de embarque e desembarque serão feitas pelos 18 boxes da área de desembarque intermunicipal (do boxe 55 ao 72). O espaço contará com local para a venda de passagens, área de espera e banheiros para atender os usuários. Os bilhetes também poderão ser comprados pelos sites das empresas.

Retomada

O retorno das viagens interestaduais partindo de Porto Alegre é o segundo movimento de reabertura do espaço da Estação Rodoviária. O primeiro ocorreu em 7 de junho, quando ela foi reaberta para viagens intermunicipais. O terminal ficou fechado mais de um mês devido à enchente.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo