Abrigo da Unisinos será desativado de forma gradual e aulas são retomadas a partir de segunda-feira

24 de maio de 2024 - 19:57
Por Juliano Palinha

O abrigo da Unisinos será desativado de forma gradual para o recomeço das aulas. Entre os dias 25 e 29 de maio, a gestão do abrigo da Unisinos será transferida para a Prefeitura, que assumirá a liderança de todos os serviços destinados ao cuidado dos desabrigados. A Universidade continuará apoiando a Prefeitura de São Leopoldo em diversas ações já em curso e em outras iniciativas que visam à reconstrução da cidade e das vidas dos leopoldenses afetados por essa inédita enchente.

Diante da maior catástrofe ambiental da história de São Leopoldo, a Unisinos liderou várias iniciativas de ajuda humanitária aos cidadãos atingidos pelas inundações. Desde a madrugada do dia 4 de maio, funcionários, professores, estudantes e egressos da Universidade, em parceria com funcionários da Prefeitura e voluntários da comunidade, se mobilizaram em uma grande corrente solidária para fornecer alimentação e atendimento médico, psicológico e social a mais de 1500 pessoas acolhidas em seu campus. Aos mais de 600 voluntários que trabalharam diariamente no abrigo da Unisinos, prestamos o nosso mais sincero agradecimento.

Considerando a retomada das aulas, na próxima segunda-feira, 27 de maio, uma reunião entre representantes da Unisinos e da Prefeitura de São Leopoldo foi realizada na manhã desta sexta-feira para definir o processo de desmobilização do abrigo da Unisinos, que deverá ocorrer até o dia 29 de maio.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo