Dos 174 apenados que deixaram o presídio de SL apenas cinco não retornaram e são considerados foragidos

22 de maio de 2024 - 18:48
Por Juliano Palinha

Dos 174 apenados do Instituto Penal de São Leopoldo liberados no início do mês para cumprir prisão domiciliar apenas cinco não retornaram.

Conforme o diretor do presídio, Diego Linhares, esses cinco são considerados foragidos a partir de agora. “Quando recapturados serão encaminhados ao regime fechado”, reforçou.

O presídio de São Leopoldo é semiaberto. Os apenados são liberados para trabalhar durante o dia (80% deles trabalham), mas à noite devem retornar para o IPSL.

Linhares explica que eles foram liberados “a prisão domiciliar concedida por conta da falta de água e luz que atingiu o município”. O diretor diz ainda que a prisão domiciliar foi uma decisão de emergência.

Assim como ocorreu em São Leopoldo a decisão judicial ocorreu para outros presídios semiabertos.

Quem cumpre pena no regime fechado não foi liberado.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo