“Diques são seguros, mas água pode passar por cima em alguns bairros”, alerta Vanazzi e o geólogo Geske

3 de maio de 2024 - 06:49
Por Juliano Palinha

Em live na manhã desta sexta-feira (3), o prefeito Ary Vanazzi, ao lado do diretor municipal de Controle de Cheias de São Leopoldo, geólogo Antônio Geske, disse que os diques, que tem 8,62 metros, são seguros, mas chegaram em uma cota de alerta e a água do Sinos deve passar por cima em algumas regiões. “Tudo indica que a água vai passar por cima dos diques em alguns locais. Vicentina, São Miguel e Brás são alguns deles. Então pessoas que moram próximas aos diques precisam prestar atenção. Não estamos falando para o pessoal sair correndo, mas estamos alertando para a população que mora próximo se prepare para sair”, diz Vanazzi.

Geske é uma autoridade técnica que participou desde a década de 80 da implantação e manutenção dos diques. Segundo ele, o sistema do Guaíba, que está recebendo águas de todas as bacias, negativamente está prejudicando o Rio dos Sinos.” Não estamos falando de rompimento, mas sim alerta. O dique está com sua cota de alerta. Com o Guaíba cheio prejudica ainda mais”.

O prefeito disse que às 8 horas haverá outra live para atualizar as informações.

Na última medição da Defesa Civil, às 4h55, o Sinos chegou a 6,87 metros e em elevação de 7 centímetros.

PONTES SEGUEM ABERTAS

Durante a live foi questionado se as pontes seriam bloqueadas. Geske disse que todas as pontes são seguras e foram vistoriadas ontem pelo DNIT e engenheiros da Semov. “Então neste momento eles não serão fechadas”.

GINÁSIO MUNICIPAL ABERTO

O prefeito Vanazzi anuncio também que o ginásio Celso Morbach será aberto para receber as pessoas desabrigadas.

CONTA DE EMERGÊNCIA

A Defesa Civil de São Leopoldo trabalha em regime de plantão e atende pelos telefones (51) 99117-8291 e (51) 98924-7852. O Corpo de Bombeiros de São Leopoldo atende pelo telefone 193 ou (51) 3579-0450. Qualquer situação de danos causados pela instabilidade do tempo a população pode buscar auxílio nos nossos canais oficiais de comunicação.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo