São Leopoldo realiza ações contra a dengue nas escolas

18 de março de 2024 - 12:52

Ações articuladas entre as Secretaria Municipal de Educação (Smed) e Saúde (Semsad) vêm intensificando ações de conscientização e combate à dengue. Um dos exemplos foi a criação de uma campanha interna para potencializar informações e ações contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e o Zika Vírus. Voltada para os profissionais da educação das escolas municipais, estudantes e servidores da secretaria, um conjunto de atividades estão em execução, como a distribuição de livros, palestras, visitas da equipe de enfermeiros do Núcleo Interdisciplinar de Saúde na escola (NISE), aulão com alunos do Grêmio Estudantil e a ampliação de atividades pedagógicas nos espaços educacionais.

Chamada “Xô, Dengue!”, a campanha traz também o uso da #EducacaoContraADengue. O objetivo é, além das ações de prevenção, divulgar nas redes sociais da Smed a produção de conteúdo dos estudantes. “Quanto mais falarmos no assunto, mais ampliamos o alcance. Em um universo de 30 mil estudantes, criarmos diferentes estratégias de comunicação, que rompe as barreiras da escola e leva informação e ações práticas para a comunidade”, explica o titular da Smed, professor Ricardo Luz.

Conforme a secretaria de Saúde, Andréia Nunes, a importância da ação é fortalecer as outras atividades realizadas pelo município contra a dengue. “Tanto do cuidado, tanto de forma educativa, mas também assistencial. Então, na assistencial, nós já ampliamos os nossos pontos de atendimento, já disponibilizamos hemogramas nas unidades básicas, mas a relação junto com a Secretaria de Educação, onde nós vamos ter o contato direto com 30 mil crianças, adolescentes, e elas serão os propagadores disso dentro da comunidade”, afirmou.

Formações com professores e entrega de livros para escolas

Professores que trabalham as temáticas da educação ambiental e as supervisoras dos anos iniciais da rede municipal participaram de uma formação junto à editora EducAção sobre Dengue, Zika e Chikungunya. O objetivo da capacitação foi para apresentar os livros adquiridos pela Smed para 15 escolas com o material, que compõem jogos, informativos e pesquisas para os estudantes e professores, sobre doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, além de Covid e Febre Amarela.

Visita dos enfermeiros do NISE

Nos próximos meses, os enfermeiros do Núcleo Interdisciplinar de Saúde na escola (NISE), Kátia Adriele dos Santos e Wesley da Silva, farão um roteiro nas EMEIs e EMEFs e orientarão as equipes de higienização destes espaços sobre limpeza e prevenção do mosquito transmissor da Dengue.

Aulão com equipes dos Grêmios

A Smed, através do setor de Gestão Democrática, está programando para a primeira quinzena de abril um “aulão”, utilizando as telas interativas das escolas, com os jovens das EMEFs que compõem os Grêmios Estudantis. O objetivo será proporcionar informações, ministradas por equipe profissional da Semsad, para que estes as multipliquem em suas comunidades. Além disso, o setor também organiza uma formação sobre o tema com os conselheiros escolares, grupo constituído por representantes de todos os segmentos da comunidade escolar (pais, alunos, membros do magistério e diretor (a)), que toma decisões sobre as dimensões administrativa, financeira e político- pedagógica da escola.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo