Mais R$ 164,5 milhões para o Assistir; objetivo é evitar corte de serviços na região metropolitana

29 de janeiro de 2024 - 20:10
Por Sônia Bettinelli

O governo do Estado anunciou hoje (29),  no Piratini, um incremento de R$ 164,5 milhões para o Programa  Assistir, ou seja, a verba passará para R$ 983.108.205,00 ao ano. Trata-se da resposta para os prefeitos da região metropolitana  da Granpal que na semana passada pediram a revisão de critérios, caso contrário seriam suspensos uma série de serviços.

Para chegar ao aumento de R$ 164,5 milhões, o governo atualizou a Unidade de Incentivo Hospitalar, que passará de R$ 1 mil para R$ 1.043,00, com revisão a partir do IPCA de 2023. De acordo com o governador, os recursos utilizados para este aumento serão oriundos da revisão dos benefícios fiscais.

Presidente da Granpal, o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal (PL) foi representado pelo secretário municipal de saúde de Porto Alegre, Fernando Ritter. “Só amanhã (30) o Estado disponibilizará o sistema para mostrar o que mudou no cálculo. A partir disso será possível saber o que mudará para cada prestadora de serviço”, disse Pascoal. Prestadores de serviços são os hospitais municipais.

Os prefeitos de São Leopoldo, Ary Vanazzi (PT), de Sapucaia, Volmir Rpdrigues (PP) e Sebastião Melo (MDB), de Porto Alegre foram unânimes no corte de serviços para a população caso o Estado não mudasse os critérios de distribuição dos recursos para a saúde. Amanhã cada prefeito saberá o que esse incremento representará em seus hospitais.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo