Centro do Idoso promove apresentação musical para chamar atenção sobre o Setembro Amarelo

16 de setembro de 2023 - 08:25

Dentro das atividades do Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, o Centro do Idoso Adão Britto, localizado Avenida Theodomiro Porto da Fonseca, 810, promoveu um sessão de musicoterapia para seus frequentadores. O enfermeiro Everton Carvalho, a psicóloga Cláudia Pontes, e a técnica de enfermagem Siana Benz, munidos de violão, saxofone e muito carinho e disposição, realizaram um número musical, na sala de espera, entonando a canção “É preciso saber viver”, dos Titãs.

As usuárias Nelci Wentz, 64 anos, e Cleusa Lopes, 66, aprovaram a ideia de falar sobre depressão de um modo leve e propositivo. “Toda iniciativa é válida. Na nossa geração, esse tema era um tabu. Muitos tinham e nem sabiam. A doença também pode levar ao desânimo e à depressão, por isso é importante falar”, ressaltou Cleusa.

O enfermeiro Everton Carvalho reforçou a importância do tema e da música no tratamento. “Quando sinto um paciente angustiado, sugiro como ferramenta pensar numa melodia que traga boas lembranças. Aqui fazemos um acolhimento inicial. Depois, se necessário interconsultas com psicólogos e médicos que farão os encaminhamentos conforme o caso”.

Onde pedir ajuda

Em São Leopoldo, as pessoas que sentirem sofrimento mental podem procurar uma unidade básica de saúde, incluindo o Centro do Idoso para quem tem 60 anos ou mais, ou um Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Nos locais serão realizadas as avaliações e os encaminhamentos, conforme cada caso.

O Centro de Valorização à Vida (CVV), entidade sem fim lucrativo, oferece atendimento gratuito pelo telefone 188.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo