Presidente Sandro e seus vices devem deixar o comando do Aimoré após a Série D

10 de julho de 2023 - 19:41
Por Sônia Bettinelli e Juliano Palinha

Em coletiva que ocorre nesse momento no Estádio Cristo Rei, o presidente Sandro Borowski e seus vices (Márcio Picolli, Werner Carvalho e Carlos Eduardo Kayser), anuncia que deixará o comando do Clube Esportivo Aimoré após o término do Campeonato Brasileiro da Série D, isso se o estatuto permitir. “Quando a gente pensou em ser presidente do Aimoré e convidamos o Márcio, o Dudu e o Werner, já sabíamos que eles teriam seu compromissos. Porém, houve uma mudança na minha vida profissional também que me impede de estar aqui o tempo todo. Então vamos consultar o nosso estatuto e se ele permitir sairemos no final da Série D“, anunciou o presidente.

Antes do término da Série D o Aimoré ainda tem dois jogos pela frente. Camboriu no domingo no Cristo Rei e Hercílio Luz em Santa Catariana.

Caso não seja possível, Sandro Borowski diz que todos deixarão o clube no final da Copa FGF.

Durante a entrevista foi acordado que o presidente não responderia perguntas, mas adiantou que a comissão técnica, a princípio, segue normal, porém amanhã haverá mais informações, após conversa com o presidente do Conselho Deliberativo, Fabiano Haubert, que está consultando o jurídico para saber sobre uma nova eleição, isso seguindo toda a tramitação do edital e prazos.

TRÊS EX-PRESIDENTES PRESENTES

O anúncio foi realizado na sala dos presidente do clube índio. Acompanhando estavam três ex-presidentes. André Schu, Paulo Costa e Ronaldo Vieira.

FOGO NA ROUPARIA

Enquanto ocorria o anúncio na sala dos presidentes, um susto sala da rouparia. Um incêndio queimou alguns objetos do clube.

Ouça abaixo a entrevista completa

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo