São Leopoldo receberá recursos para Residência Médica e Multiprofissional em Saúde Mental

27 de junho de 2023 - 19:29

São Leopoldo é um dos municípios que foi selecionado para receber recurso para o desenvolvimento de Residência Multiprofissional em Saúde Mental Coletiva e de Residência Médica em Psiquiatria, por meio do Dispositivo Estadual da Rede de Atenção Psicossocial Escola (Raps Escola). O valor do recurso é de R$ 1,2 mil mensal por residente, limitado a dez residentes.

De acordo com a diretora da Escola de Saúde Pública, Teresinha Valduga, o Raps Escola é uma política de formação de trabalhadores de saúde para atuarem em todo o percurso formativo da Rede de Atenção Psicossocial. “Principalmente na área de psiquiatria, as residências formam profissionais mais centralizados na área hospitalar. Temos carência de profissionais que entendam como funciona essa rede”. Teresinha explica que o valor poderá ser aplicado para a qualificação dos tutores e dos preceptores das residências, para fazer o acompanhamento da formação em rede, como está preconizada na política da Raps Escola. A Secretaria Estadual da Saúde prevê ainda a disponibilização de um núcleo de apoio técnico aos municípios.

Além de São Leopoldo, São Lourenço também recebeu habilitação do Dispositivo, que prevê o repasse de recursos para um município por macrorregião de saúde do Estado. A Portaria número 323/2022 da Secretária Estadual da Saúde que criou o Raps Escola foi publicada em maio de 2022.

Após serem escolhidos via edital de seleção, o município tive a habilitação em junho de 2023. Novos editais de seleção serão abertos para contemplar as demais macrorregiões.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo