POR SÔNIA BETTINELLI: Aula sobre o sistema de proteção às cheias, diques e casas de bombas

27 de junho de 2023 - 06:47
Por Sônia Bettinelli

A  ideia inicial dos  vereadores Brasil Oliveira (PSD) e Gabriel Dias (Cidadania) era criar a 10ª comissão  permanente sobre sistema de proteção às cheias (diques e casas de bombas). Depois de ouvir o  diretor municipal de Controle de Cheias de São Leopoldo, geólogo Antônio Geske, a prioridade é articular agendas no Estado, Fepam e Brasília para ações concretas visando  reduzir o número de atingidos e prejuízos. A imagem pode ser comparada a estudantes atentos. “Saio daqui sabendo o que precisa ser feito  antes do próximo evento climático. Sabendo por exemplo que a água que brota na praça do Imigrante não é indício que o dique não aguente, mas de uma percolação que funciona como filtro”, disse Gabriel Dias após o Berlinda News Entrevista de ontem.

 Dragagem 

Morador de uma região sem proteção dos diques, no bairro Imigrante, o vereador Brasil Oliveira (PSD), terá respostas  para seus vizinhos e moradores dos bairros Independência, São Geraldo e grande Feitoria do que pode ser feito, inclusive sem dinheiro público, para a dragagem com retirada da areia. “A primeira ação é ir no Estado e Fepam para tratar da licença de operação da empresa privada que vai fazer o serviço. Mas caso essa liberação não ocorra precisamos ver outra solução, que é com recursos públicos da União. Segundo o geólogo, o custo aproximado da dragagem seria de 10 a 11 milhões.”

Quase deboche

De todas as situações preocupante trazidas pelo ciclone extratropical que criaram pânico na população, a inundação da Avenida Dom João Becker entre a Câmara de Vereadores e o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, soa como uma piada, um deboche. A solução é instalar uma pequena comporta onde hoje existe um “dreno no muro” para escoar a água da limpeza das piscinas do Orpheu. Antônio Geske reforça que a Sociedade Orpheu já foi notificada pela Prefeitura mas não instalou a comporta que à  época custaria cerca de R$ 2 mil reais. “Se a Sociedade Orpheu não fizer a comporta a solução é simples: fechar o dreno”, diz Antônio Geske.

Fala do geólogo

Após ouvir a explicação técnica do diretor municipal de Controle de Cheias de São Leopoldo, geólogo Antônio Geske, sobre segurança dos diques e o sistema todo, penso que isso teria acalmado muita gente e desmentido vídeos criminosos que circularam nas redes sociais.

Nó na cabeça do povo

O desfecho da Comissão de Ética contra o agora ex-vereador Tiago Silveira (sem partido) provocou muitas dúvidas na população, mas não sobre o mérito, que era saber se ele (Tiago) cometeu quebra de decoro parlamentar ou não, mas pela sessão de mais de quatro horas para votar o pedido de cassação do mandato. Tudo porque houve a renúncia do mandato pelo vereador no início da sessão. Se já havia a renúncia do mandato, a votação valeu? No Berlinda News Entrevista desta terça-feira falaremos sobre isso com o advogado especialista em direito público e eleitoral Luciano Manini Neumman, do escritório Matos & Manini Advogados.

Votação fechada

Muita gente queria saber como foram os votos da sessão que cassou o ex-vereador Tiago, porém, os votação foi fechada. O placar foi 11 a favor a cassação e um contra.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo