Semae instala bombas anfíbias móveis no Arroio Gauchinho

22 de junho de 2023 - 15:48

O Arroio Gauchinho na zona norte de São Leopoldo já contra com três bombas anfíbias móveis que operam dentro e fora d’água, colocadas submersas no Arroio, com uma estrutura que transfere a água direto para o dique, que depois a leva até o Rio dos Sinos. Com o objetivo de diminuir grandes alagamentos naquela região, o setor público, representado pelo Semae e Prefeitura Municipal, e o setor privado, uniram-se para a realização de testes de bombeamento móvel na última terça-feira (20). As empresas que contribuíram na ação foram a Higra e a Vogelsang, com as bombas, a Top Vargas com tubulação, a Mercúrio com geradores e a Haas Container com a disponibilização de um container para a instalação.

No teste com as três bombas, houve uma vazão de 400 litros de água por segundo. A partir de resultados positivos, a ideia é que as instalações sejam utilizadas em futuras enchentes, principalmente na região dos bairros Vila Brás, Santos Dumont e Chácara dos Leões.

Casas de Bombas

As cinco Casas de Bombas do Semae funcionaram em capacidade máxima durante os dias de maior volume de água nos alagamentos do município. Com equipes e bombas reservas, para eventuais manutenções, as Casas da João Corrêa, Campina, Rodoviária, Ginásio e Arroio Cerquinha não pararam. Agora, com o nível da água mais baixo, o número de bombas ligadas foi reduzido.

As Casas de Bombas fazem parte de um sistema de proteção contra cheias em São Leopoldo, e são responsáveis pelo bombeamento e drenagem das águas das chuvas. É importante que a população realize o descarte correto do lixo, pois, apenas nos últimos dias, foram retirados mais de 20 toneladas de resíduos que foram levados pela água da chuva até as grades das Casas de Bombas. O lixo descartado irregularmente pode causar problemas no funcionamento das bombas.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo