De virada, Grêmio vence o São Paulo por 2 a 1 e sobe para 3ª posição no Brasileirão

4 de junho de 2023 - 18:19

Pela terceira rodada consecutiva, e de virada, o Grêmio vence mais uma no Campeonato Brasileiro da Série A. Jogando na Arena na tarde deste domingo, o time do técnico Renato Portaluppi venceu o São Paulo pelo placar de 2 a 1. Cristaldo e outro do Reinaldo que garantiram a 5ª vitória do tricolor gaúcho. Com o resultado o Grêmio pula para 3ª posição na tabela de classificação com 17 pontos em dez jogos.

O tricolor volta à campo no próximo domingo no Maracanã, quando a partir das 18h30, encara o Flamengo, 8º colocado na competição.

O jogo começou muito equilibrado, com chances para ambos os lados. Os gremistas foram quem chegaram primeiro ao campo de ataque, com uma boa jogada entre Villasanti, Fabio e Bitello, que ameaçaram pela meia direita – a bola chegou a Vila, que finalizou, mas sobre a meta. Já os paulistas tentaram com uma sequência de escanteios, ainda antes dos 5 minutos, mas a defesa fez o corte.

Mas na próxima oportunidade, o São Paulo não desperdiçou e conseguiu abrir a contagem. Com 15 minutos jogados, Caio Paulista avançou ao campo de ataque, fez um cruzamento preciso para Calleri, que desviou de cabeça para o gol, vencendo Gabriel Grando.

O Grêmio não ficou atrás e buscou responder de imediato: Villasanti serviu Suárez na medida – o uruguaio mandou de cabeça, mas Rafael fez grande defesa, impedindo o que poderia ser o gol de empate. Outra tentativa saiu pela direita, com Bitello, que invadiu a área e acionou Suárez, que finalizou de primeira, mas carimbou a marcação.

No lance seguinte, passados 25’, o camisa 9 fez um lançamento para F. Cristaldo, que tentou alcançar de carrinho, mas a bola saiu pela linha de fundo. Três minutos depois, em uma jogada de ataque, a bola bateu na mão do defensor paulista dentro da área – pênalti para o Grêmio. F. Cristaldo foi para a cobrança e mandou no canto direito do gol de Rafael, deixando tudo igual na Arena, aos 29’.

Não demorou dez minutos para o time do técnico Renato Portaluppi chegar ao segundo gol. Bitello fez uma boa jogada e rolou para Suárez no meio, que viu Reinaldo livre na esquerda, invadindo a área. O lateral dominou e chutou cruzado – a bola passou entre as pernas do goleiro Rafael e morreu no fundo do gol.

Na reta final, aos 42’, Bitello cruzou para Suárez que mandou a gol – o goleiro quase que deixou passar. Logo em seguida, o volante pressionou e invadiu a área com intensidade, mas foi cortado pela defesa paulista. Já nos acréscimos, quase que Bruno Alves ampliou o marcador, ao receber um cruzamento, matar no peito e desviar, mas a bola saiu raspando a trave direita.

O Grêmio voltou o mesmo para a etapa complementar, mas logo aos 4’, Fabio precisou ser substituído por lesão, depois de dividir com adversário. João Pedro ocupou seu lugar.

A partida seguiu movimentada e equilibrada, mas desta vez foram os paulistas que quase encostaram no placar, com Rodriguinho que chutou forte, mandando na trave da meta, passados 10’.

Mas do outro lado, de imediato, Suárez fez uma inversão de jogo para F. Cristaldo, que finalizou – parou em Rafael que operou grande defesa, mandando pela linha de fundo. Na sequência de escanteios, o último perigo saiu dos pés de Bitello, que chutou colocado, mas a bola saiu à esquerda do gol.

Aos 17’, mais uma mudança na equipe gremista: Galdino ocupou o lugar de F. Cristaldo.

O Tricolor seguiu buscando criar chances e ameaçou em uma cobrança de escanteio. A bola foi colocada na pequena área, Uvini desviou de cabeça e Kannemann tentou completar, mas mandou para fora, passados 21’.

O São Paulo tentou responder aos 28’, quando Rodriguinho chutou de longe, mas a bola subiu demais, para sorte gremista. Em seguida, o meia invadiu a área e finalizou – mas a bola bateu na marcação gremista e saiu pela linha de fundo.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo