São Leopoldo terá Centro Municipal de Educação Inclusiva Paulo Freire

27 de maio de 2023 - 09:43

São Leopoldo por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed) anunciou a criação do Centro Municipal de Educação Inclusiva Paulo Freire (CEMEI). O projeto de lei foi entregue ao Poder Legislativo ontem (26). O ato ocorreu na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito, na presença de professores, secretários e vereadores da base do governo.

“Como cidadãos, precisamos de fato nos debruçar cada vez mais para entender a complexidade da matéria da educação inclusiva, que permeia nosso dia a dia, e mais ainda os gestores públicos. A escolha do nome do Paulo Freire faz jus ao pensador que construiu a partir da lógica do oprimido para fazer a diferença. É fundamental aprimorar a rede, mas também fazermos um diagnóstico e cobrar do próprio Estado, por exemplo que tenha essa atenção e essa preocupação”, destacou o secretário Geral de Governo, Nelson Spolaor, que na ocasião representou o prefeito Ary Vanazzi.

O secretário de Educação, professor Ricardo Luz, afirmou que o trabalho de inclusão feito pela rede municipal é reconhecido por toda a cidade. “Precisamos avançar e qualificar o debate, olhando para a vida real. Temos o compromisso e, mais ainda, ação efetiva nas escolas. Os professores que estão no dia a dia das escolas sabem que a inclusão é um desafio novo, todos nós estamos aprendendo e avançando. Mesmo assim são anos de debate e construção deste centro”, destacou Ricardo.

O centro faz parte de uma política permanente de apoio e fomento às ações que visam garantir acesso, acolhimento, permanência e o respeito às especificidades de todos os envolvidos no ambiente escolar. O CEMEI também realiza o assessoramento pedagógico e institucional das escolas da rede municipal e das escolas privadas que possuem vínculo contratual ou de parceria com o município.

“É um projeto bastante importante para a educação municipal de São Leopoldo. Este espaço irá abrigar quatro núcleos que fazem um trabalho fundamental dentro do nosso território”, explica Luciane Heinski, coordenadora do Núcleo de Apoio e Pesquisa ao Processo de Inclusão. Além do Nappi, integram o centro o Núcleo Busca Ativa Escolar, o Núcleo Interdisciplinar de Saúde na Escola (Nise), e o Núcleo de Educação para as Relações Étnico-Raciais (Nerer).

O Centro Municipal de Educação Inclusiva Paulo Freire (CEMEI) será implantado na Rua Marquês do Herval, 814 (Centro).

 

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo