Com R$ 2 milhões do Avançar, Hospital de Esteio inicia obras para realizar mais 40 partos por mês

4 de maio de 2023 - 20:01

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, participou, nesta quinta-feira (4), da assinatura do convênio para o início das obras de reforma e ampliação da UTI adulto, da maternidade e do centro obstétrico do Hospital São Camilo, em Esteio. Por meio do programa Avançar na Saúde, o governo do Estado investiu R$ 2 milhões nas obras, que vão qualificar a estrutura da unidade, com mais 40 partos mensais, melhorando o atendimento à população.

“Estamos aqui para testemunhar esse momento em que é dada a largada em uma obra importante”, disse Arita Bergmann. Ela lembrou que o governo, com o programa Avançar, investiu R$ 542,5 milhões na área da saúde e mais de R$ 300 milhões na área hospitalar. “Que bom quando a gente consegue estar presente para verificar que aqui tinha projeto, uma equipe disposta a fazer esse trabalho e que consegue dar concretude.”

Atualmente, a maternidade realiza 80 partos por mês. Com o investimento de R$ 1 milhão do Avançar na Saúde, o objetivo é atingir 120. Totalmente novo, o centro obstétrico será ampliado em 198m², dos atuais 540m² para 738m². Com isso, passará a contar com duas salas cirúrgicas para cesarianas e três salas com leitos PPP, nos quais são feitos o pré-parto, o parto e o pós-parto, permitindo que a mãe fique no mesmo quarto desde a internação até a alta.

“É um recurso que estimula a humanização”, explicou a diretora administrativa do hospital, Ana Boll. “O parceiro ou a parceira permanecem no quarto e acompanham em tempo real o nascimento.”

Na UTI adulto, o investimento de R$ 1 milhão do programa permitirá uma nova distribuição dos leitos de internação, incorporando os dois leitos abertos durante a pandemia para o atendimento de pacientes da covid-19. O setor será ampliado em 89m², atingindo 399m² no total, facilitando a circulação e incorporando uma nova área de enfermagem.

Também será feita a instalação de um leito de isolamento e um novo sistema de ar condicionado com filtragem especial, atendendo às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Que bom a gente poder contar com o governo em um empreendimento como esse”, ressaltou o prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal. “É um investimento muito importante em um período de muita dificuldade do Estado e dos municípios.”

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo