“Seremos fiscalizados em todas as ações pela Agesan e isso me deixa feliz”, diz diretor do Semae Geison Freitas

24 de abril de 2023 - 11:31
Por Sônia Bettinelli

Os serviços prestados pelo Semae serão fiscalizados diretamente pela Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento do Rio Grande do Sul (Agesan). Será um canal direto para os usuários quando entenderem que o pedido não foi atendido. “Seremos fiscalizados em todas as ações e isso me deixa feliz e convicto que se trata de avanço na qualidade dos serviços do Semae. Estaremos submetidos à Agesan que tem poder de multar quando a reclamação ou erro não for corrigido e solucionado. Haverá um escritório na cidade com um profissional para fiscalizar o serviço sem qualquer aviso à autarquia”, explicou o diretor Geison Freitas no Berlidna News Entrevista de hoje (24).

O convênio com a Agesan foi feito pelo prefeito Ary Vanazzi (PT) após  a equipe técnica, junto com o diretor, conhecer o funcionamento nas empresas de saneamento em São Paulo e Campinas. “Pode parecer estranho afirmar que estou feliz com a chegada de um órgão de fiscalização do nosso trabalho, mas é importante porque meu trabalho segue todos os caminhos legais e porque isso colocará o Semae como uma das grandes empresas do setor com reconhecimento”, diz Geison. O convênio começa a vigorar de fato no próximo mês. Desde o início do ano a Agesan está atuando em caráter de orientação, sem emitir multas.

Reconhecimento do exército

“Ter meu trabalho de gestor do Semae reconhecido pelo 19º BIMtz me deixou muito feliz.  O exército, a instituição mais respeitada pelos brasileiros me enxergou. Isso é algo que levarei para a vida toda por isso meu profundo agradecimento ao Tenente-Coronel Celso Brasil Nascimento.”

Decisão da Justiça

“O fato do  vereador Rafael Souza (PDT) que irá responder à Comissão de Ética da Câmara de Vereadores por falta de decoro, não tem nenhuma relação ou reflexo no partido, são situações totalmente apartadas. Como presidente do PDT, a decisão é aguardar os encaminhamentos do Ministério Público e Judiciário. Se a juíza decidir por denúncia, ou seja, tornando o vereador Rafael réu, aí sim o partido terá a Comissão de Ética. Até aqui existe um  inquérito da Polícia, robusto, mas ainda sem manifestação do MP.”

Ouça o programa completo

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo