Andréia destaca ampliação da rede básica e acolhimento aos usuários nas unidades

19 de abril de 2023 - 11:48
Por Sônia Bettinelli

Menos de uma semana após ter sido anunciada como titular da Secretaria Municipal de Saúde, Andréia Nunes, destaca o acolhimento como uma de suas prioridades na gestão. “Conversar com os usuários da rede (por consequência do SUS) para saber o que eles (usuários) dizem, o que sugerem para melhorar o serviço. Fiz isso no sábado (15) nas unidades da Scharlau e da Brás. Escutei elogios e críticas, ou seja, cada um fala de acordo com  o atendimento e  o acolhimento que recebeu na porta da entrada”, disse Andréia no Berlinda News Entrevista de hoje (19).

Segundo Andreia o que mais tem escutado a partir do momento que seu nome foi anunciado pelo prefeito Vanazzi é relacionado ao primeiro atendimento. “Como  usuária do SUS,  por 20 dias acompanhei um familiar  internado à espera de leito para cateterismo  (procedimento que não é feito no HC) e escutava muitos relatos de outros usuários, também com elogios e críticas sobre a forma como foram recebidos”, relata a secretária.

70% de atendimento na rede básica

“A prioridade em termos de estrutura é ampliar a rede básica hoje entre 41 e 42% para 70% da cidade, com qualidade, protocolos, conseguir fazer com que as pessoas saiam das filas  e saibam qual a referência de atendimento na região que moram criando  vínculo com a equipe da unidade. Dessa forma será possível desafogar o Hospital Centenário e UPA.”

Mudança cultural

“Em relação ao primeiro atendimento na rede básica nosso desafio é provocar a mudança cultural, de hábito de ir direto ao Centenário e UPA mesmo que o problema pudesse ser tratada na UBS. Precisamos insistir e buscar alternativas de comunicação que cheguem para todas as pessoas. Só assim a pessoa vai entender que seguir fluxo e protocolos agilizará o atendimento deixando para Centenário e UPA o que realmente é urgência e emergência.”

Política pública

“Sou servidora há 23 anos, pedagoga de formação e meu trabalho sempre foi por políticas públicas que atendam a necessidade e expectativa da população e valorização dos servidores públicos, muitas vezes chamados de heróis,  mas são pessoas que enfrentam todas as dificuldades do dia a dia, porém no trabalho são comprometidos. Assim como fiz na educação farei na Saúde e foi isso que disse e estou dizendo às equipes que me receberam calorosamente. O que eu não souber vou perguntar e aprender.”

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo