POR SÔNIA BETTINELLI: Salve as atletas da Jaque, elas querem troféus, faixas de campeã, não o título de guerreiras como consolo

7 de março de 2023 - 21:11
Por Sônia Bettinelli

Tudo o que foi dito na sessão de hoje (7) sobre as atletas da Seleção da Liga, campeãs nacionais de futsal feminino é reconhecimento pelo trabalho ao longo de nove (9) meses de um grupo de mulheres lideradas pela Jaqueline Dávila, a presidente da Liga para a cidade e a “mãe para as atletas”.

Quando a Jaque diz “sou apenas um rosto, uma voz” ela está dizendo para as atletas, adolescentes e mães que jogam futebol para ter energia e saúde emocional, que elas são poderosas apesar de uma sociedade machista que tentou fazer com que elas desistissem de jogar a partida final no dia 11 de fevereiro, na cidade de Itapema, em Santa Catarina. Resumindo o que meu colega jornalista Juliano Palinha presenciou: Faltando pouco mais uma hora para a partida, o ginásio estava fechado e a pessoa responsável precisou ser buscada em casa porque não sabia da decisão de duas seleções de futebol feminino, de Santa Catarina e RS.

“Nunca vi isso acontecer com time masculino” disse o Palinha que tem quase 40 anos de vivência no futebol amador de São Leopoldo e quase duas décadas como jornalista esportivo. Senti raiva pelas atletas e muito orgulho do Palinha, do Duda e Preto, técnico e coordenador, dos maridos e irmãos que viajaram mais de 500 km para ir e o mesmo para voltar.

A placa para o Palinha, para a Berlinda, é reconhecimento pela nossa proposta que há três anos faz jornalismo, dá voz às pessoas de São Leopoldo. Dá espaço para o prefeito assim como para o morador que nos procura para divulgar o almoço comunitário, a atividade de sua região, que nos enxerga como alternativa para ter acesso a serviços públicos. Que venha o próximo campeonato para que a Berlinda transmita ao vivo e comemore mais títulos.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo