POR JULIANO PALINHA: Edinho Rosa deve dar lugar a Fabiano Daixt no comando do Aimoré

1 de fevereiro de 2023 - 22:16
Por Juliano Palinha

No futebol é assim. Time não deu certo, a primeira mudança é na comissão técnica. Não há nada oficial, AINDA, mas Edinho Rosa deve deixar o comando do Aimoré. Fabiano Daixt é o ficha 1 para assumir o comando. Tem Arílson Costa e Gilson Maciel na fila, até o nome de Marcelo Rospide foi lembrado, mas Maninho, como é conhecido aqui no Vale, deve ser confirmado.

Fato novo

Após mais uma derrota, a terceira no Campeonato Gaúcho, o presidente Sandro Borowski falou com exclusividade na Rádio Only. “É preciso criar um fato novo”. Quem vive o futebol sabe que o fato novo começa pela comissão técnica. O anúncio não ocorreu agora porque o presidente, acertadamente, respeita o profissional da casamata. Mas Edinho será comunicado ainda hoje que deixa o comando.

Elenco limitado

Importante na declaração do presidente que ele reconhece que o elenco também é limitado. Edinho Rosa é um dos melhores profissionais que conheci. O cara é conhecedor da bola, mas não entra em campo para impedir, por exemplo, a falha do lateral Higor e nem a falta de qualidade do atacante Wesley Pacheco em igualar o placar quando teve oportunidade. O erro é coletivo, mas quem paga a conta sempre é o treinador.

Coisa do destino

Caso seja confirmado, Maninho retorna ao Aimoré justamente na gestão de quem o demitiu. Sandro Borowski era presidente quando Claudio Schein deixou renuncio ao cargo e Borowski, buscando um fato novo na época o demitiu.

Preparado para função

A demissão de Edinho não será novidade para ele. É inteligente suficiente para saber que esse tipo de situação faz parte da carreira. No final do jogo, em entrevista, mostrou maturidade para isso e assumiu que se há erros, o maior culpado é ele.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo