Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, morto aos 4 anos, retorna ao trabalho no Rio de Janeiro

23 de janeiro de 2023 - 16:27

Monique Medeiros, mãe de Henry Borel, morto aos 4 anos de idade, em março de 2021, no apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, onde vivia com a mãe e o padrasto, o ex-vereador Jairo de Souza, voltou a trabalhar na Secretaria de Educação do Rio de Janeiro em dezembro do ano passado, ou seja, há cerca de um mês.

Concursada, ela foi locada em uma função administrativa no almoxarifado e recebe um salário bruto de R$ 3.100,00.

Monique foi presa preventivamente e conforme investigações da Polícia Civil ela é suspeita pela tortura e assassinato do próprio filho, mas após decisão monocrática do relator do caso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, ela foi solta.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo