São Leopoldo/Gabriel Dias no planejamento estratégico do Cidadania nacional/estadual para 2024

15 de dezembro de 2022 - 12:33
Por Sônia Bettinelli

O partido Cidadania estadual e nacional colocou São Leopoldo no radar e na estratégia de crescimento para 2024, quando os municípios terão eleição. Um dos movimentos após outubro ocorreu na semana passada quando a deputada federal eleita Anne Ortiz foi a Brasília e levou o vereador Gabriel Dias. Foi a primeira articulação com a direção nacional, com a bancada, para apresentar o vereador leopoldense e reivindicar recursos para a cidade. Cinco milhões do que a bancada do Cidadania tem direito no orçamento de 2023, serão direcionados para o Estado, sendo R$ 3,5 milhões para Porto Alegre e R$ 1,5 milhões para obras no Município. No Berlinda News de hoje (15), a deputada Ane Ortiz (por telefone) e o vereador Gabriel Dias detalharam a articulação.

R$ 1,5 milhão

“Na volta de Brasília dei andamento ao processo burocrático com a equipe do prefeito Vanazzi em relação aos documentos necessários. Agradeço pela agilidade da equipe, Olger, Paulo Borba e PH que em menos de 24 horas resolveram. Trata-se de R$ 1,5 milhão para Obras. Antes da viagem fui ao gabinete conversar com o prefeito Vanazzi sobre a articulação. Repito sempre que faço oposição a um governo nunca para a cidade e a população. Vivo a cidade, reconheço e elogio o que é feito pelo governo quando realmente atende a comunidade e cumpro meu papel de fiscalizador, legislador e crítico para que as coisas melhorem”, disse o vereador.

Trabalho em parceria

“Eu e o vereador Gabriel estamos batalhando para trazer recursos para São Leopoldo, para o RS e sensibilizar a bancada sobre a importância de melhorar a vida das pessoas nos municípios. Quando falamos em recursos falamos da cidade, das pessoas, serviços, independente de quem seja o chefe do Executivo. O vereador Gabriel trabalha na Câmara de Vereadores como nós trabalhamos na Assembleia Legislativa e logo na Câmara Federal. Sei e acompanho o trabalho do vereador”, disse a deputada.

Expectativa em Brasília

“Sou oposição ao governo federal e sei que muito trabalho nos aguarda. Minha oposição é contra o que não concordamos, mas todas as pautas favoráveis à população e ao País terão nossa aprovação. Infelizmente a expectativa não é das melhores especificamente com questões ideológicas como a de ontem, com a aprovação da lei das estatais. Vejo isso como retrocesso de algo feito para barrar a corrupção, para garantir técnicos em cargos importantes e não indicações políticas”, destacou a deputada acrescentando que ficou surpresa, assim como a maioria das pessoas, em ver que o deputado Onyx Lorenzoni (PL) votou favorável à mudança da lei das estatais.

Cidadania não terá secretário no governo Leite, terá bancada

A Federação PSDB/Cidadania teve representantes específicos na transição do Estado com reuniões por pastas. “Pelo Cidadania participei de todas as reuniões e o que está definido é que o partido (Cidadania) não terá secretarias, mas teremos bancada na Assembleia Legislativa quando o governador Eduardo Leite anunciar o 1º escalão e nosso suplente assumirá uma cadeira. Logicamente teremos espaço no 2º e 3º escalão. Aqui em SL, temos a FGTAS e CRE, mas nomes não estão definidos”, destacou Gabriel.

Ficarei na cidade para o projeto 2024

“Meu papel seguirá aqui em São Leopoldo porque a Federação PSDB/Cidadania terá candidato para a Prefeitura em 2024”, afirmou Gabriel Dias.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo