Partido de Bolsonaro pede cassação do mandato de Sergio Moro

8 de dezembro de 2022 - 14:46

O Partido Liberal (PL), sigla do presidente Jair Bolsonaro, pediu ao Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) a cassação do mandato do senador eleito Sergio Moro (União Brasil). O ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça de Bolsonaro apoiou explicitamente o presidente no segundo turno das eleições. O processo corre em sigilo.

O PL pede a investigação de supostas irregularidades em gastos e doações da campanha de Moro. A legenda solicita ainda, que o segundo colocado, Paulo Martins, do próprio PL, assuma interinamente que novas eleições para o cargo sejam realizadas. No pleito de 2 de outubro, Moro teve 33,82% dos votos e Martins, 29,12%.

Em suas redes sociais, Moro criticou a ação do PL e ainda aproveitou para atacar o PT. “Soube pela imprensa que Fernando Giacobo, Presidente do PL/PR, e Paulo Martins, segundo colocado nas eleições paranaenses, ingressaram com ação buscando cassar meu mandato de senador. Anote esses nomes. Maus perdedores que resolveram trabalhar para o PT e para os corruptos”, escreveu Moro no Twitter.

“Da minha parte, nada temo, pois sei da lisura das minhas eleições. Agora impressiona que haja pessoas que podem ser tão baixas. O que não conseguem nas urnas, tentam no tapetão”, acrescentou.

Por https://www.msn.com/

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo