POR JULIANO PALINHA: Para moradores da Avenida Feitoria, próximo a Cohab, alagamento virou rotina e preocupação

6 de dezembro de 2022 - 14:29

No início da tarde desta terça-feira (6) recebi uma mensagem da moradora da Avenida Feitoria, Tanara Ferreira. A casa dela fica quase na entrada da Cohab. Ela mora ali há mais de 15 anos, porém, nos últimos quatro vive uma rotina de alagamentos. “Construímos até uma mureta para tentar evitar que a água entre dentro de casa. Mas sem sucesso. No domingo mais uma vez tive minha casa invadida pela água. Nem dormi com medo. Isso não é vida, casa chuva que cai, a gente passa com medo. Temos trauma”, desabafa.

Após chuva, barro e pó

Tanara diz que depois do alagamento, os moradores vivem outro problema. O barro e após o pó. “Quando seca, o local fica só terra. Os carros passam e aí vem o pó par dentro de casa”. 

Troca de rede de esgoto

A moradora diz que não precisa ser 80 milímetros de chuva como foi mencionado pela Defesa Civil de São Leopoldo. Segundo ela, qualquer chuva causa o transtorno. Tanara lembra que isso começou há 4 anos, após a troca da rede de esgotos. “Eram canos grandes e foi substituído por pequenos”, comenta.

Sem retorno

A morada diz que já fez várias chamadas ao Poder Público, mas ninguém esteve no local. Neste último alagamento ela ouviu dizer que a prioridade era no São Geraldo, local mais atingidos pela chuva. “Sabemos que lá teve problema, mas a gente também precisa de atenção. Pagamos IPTU e nossos impostos, então não é justo que a gente não seja ouvida”.

Reunião emergencial

Na manhã de ontem o prefeito Ary Vanazzi convocou uma reunião emergencial e exigiu atenção máxima aos locais atingidos pelos alagamentos. Lembro que fiz uma matéria, mas a atenção era em algumas ruas do São Geraldo. Porém, diante deste relato, imagens e vídeo, o Poder Público terá que ampliar o trabalho de limpeza e principalmente prevenção para evitar esses alagamentos. 

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo