POR SÔNIA BETTINELLI: A relação política que precisamos

21 de novembro de 2022 - 22:22
Por Sônia Bettinelli

A imagem do prefeito Ary Vanazzi (PT), deputado estadual Juvir Costella (MDB) e vereador Jeferson Falcão (MDB), conversando durante a inauguração da Casa Rosa, sábado (19) é simbólica para quem acredita na política ideal dos representantes da população durante seus mandatos. Que tenham partidos, ideologias e posições, mas que isso não seja impeditivo para a entrega dos serviços públicos. Especificamente sobre essa imagem: A gestão financeira do Hospital Centenário poderia ser a prioridade na busca de entendimento entre Estado e Município para que o único hospital público da cidade tenha condições de atender a maioria da população que só tem o SUS para o atendimento.

Relação republicana

O emedebista Juvir Costella tem uma relação próxima com o governador reeleito Eduardo Leite (PSDB) pela lealdade e por ser um dos primeiros do MDB a trabalhar pela chapa PSDB/MDB. Aqui em São Leopoldo, o vereador Jeferson Falcão tem acesso direto ao deputado, para o qual fez campanha., portanto o que o credencia para levar as demandas da cidade e fazer essa relação direta com o prefeito Vanazzi.

Tribuna é narrativa

Mas que ninguém espere que na tribuna da Câmara de Vereadores o vereador Falcão deixe de fazer discursos fortes, com críticas ao governo municipal e o mesmo comportamento dos petistas em relação ao Estado. Tribuna é narrativa especialmente para “os seus”, aquela expressão que se popularizou com o presidente Bolsonaro falando para o seu “cercadinho”. É na tribuna que se faz isso, mas na prática o papel é buscar o melhor para a população.

Tabuleiro em movimento

Segundo o chefe de gabinete do prefeito Vanazzi, o petista Ibanês Mariano, os vereadores Ana Affonso, Nestor Schwertner e Marcel Frison (bancada petista) entraram em campo sobre a eleição de 2024. “É o tabuleiro político em movimento. Eles se colocaram em campo. Deram os primeiros passos”, disse Mariano acrescentando que os petistas não são os únicos, ou seja, todos os partidos estão em campo.

Várias chapas

Na leitura do petista Ibanês Mariano sobre o momento, são muitas chapas. “Nos bastidores da política são várias chapas. “Tem o MDB com PSB, conversa de bastidor que estou acompanhando, o Cidadania tentando pacificar a oposição. Do delegado Heliomar, que foi o primeiro que se lançou. Tem o Nado que também está colocado. É o tabuleiro do xadrez que se movimenta dentro e fora do PT, ainda tem o PDT que se reorganiza. Não precisa ser nada intensamente, mas tudo está em movimento”, observa Mariano.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo