Dos 90 registros de desaparecidos em São Leopoldo, 37 seguem sem pistas como a advogada Alessandra Dellatorre

16 de novembro de 2022 - 16:27
Por Sônia Bettinelli

De janeiro até hoje (16) a Polícia Civil registrou 90 pessoas desaparecidas na cidade. Desse total, 53 foram localizadas e 37 seguem desaparecidas, entre elas a advogada de São Leopoldo, Alessandra Dellatorre, 29 anos.

A advogada desapareceu no dia 16 de julho, ou seja, há quatro meses e a Polícia Civil segue trabalhando no desaparecimento da advogada e das demais 36 pessoas.

No caso da advogada, além da Polícia, o advogado Matheus Trindade coordena uma equipe formada por peritos de informática, investigadores e psicólogos que trabalha no caso. A equipe foi contratada pela família da jovem e faz a investigação privada.

Conforme o delegado André Serrao, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), entre os 90 registros, a maioria é de homens. São 66 contra 24 mulheres. Serrao mostra ainda que a média da faixa etária é de 25 a 39 anos.

Confira os números.

Desaparecidos
Janeiro/novembro de 2022 – 90
Localizados – 53

Faixa etária:
Até 25 anos: 21
25 a 35 anos: 30
Mais de 35 anos: 39

Gênero:
66 homens
24 mulheres

Notícia anterior
Próxima notícia

Comentários

Homem encontrado morto no Rio dos Sinos não está entre os desaparecidos de SL - Berlinda

[…] Dos 90 registros de desaparecidos em São Leopoldo, 37 seguem sem pistas como a advogada Alessandra … […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo