Mesmo após quatro denúncias de estupro de menores, psicólogo segue solto em Gravataí

25 de outubro de 2022 - 14:47

Após a notícia da prisão de um homem de 66 anos por estuprar uma menina de sete anos em Canoas, outro caso semelhante vem à tona, mas desta vez, na cidade de Gravataí. Um psicólogo de 75 anos foi detido previamente nesta segunda-feira (24) por equipes da Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher (Deam) após ser acusado de estuprar duas meninas de 14 anos, durante as consultas gratuitas que ocorriam na igreja.

A investigação começou após uma criança de 12 anos denunciá-lo. Após uma perícia, foi comprovado o crime de estupro. Outra menina de 11 anos também registrou um boletim de ocorrência pelo mesmo motivo. Apesar de todos esses casos, o homem foi liberado logo após prestar depoimento e ser reconhecido por uma das vítimas.

A Deam seguirá com a investigação enquanto o homem também segue com o registro profissional ativo.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo