Adolescente é agredido por agente da GCM que fazia segurança do Conselho Tutelar SL

25 de outubro de 2022 - 17:52

A provável inversão dos papéis. A mãe de um adolescente de 17 anos registrou um boletim de ocorrência nesta terça-feira (25) após o filho dela ter sofrido violência por um agente da Guarda Civil Municipal (GCM) de São Leopoldo, que naquele momento, estava fazendo a segurança do prédio do Conselho Tutelar, localizado na Avenida João Corrêa, no Centro.

Conforme o jovem, ao esbarrar no agente enquanto andava pela rua na manhã de hoje, o homem não teria gostado do ocorrido, dando assim, um tapa no adolescente que teria ficado com uma das orelhas sangrando. Câmeras de segurança do comércio local teriam gravado toda a ação.

Conforme a Prefeitura, o agente já foi afastado de suas funções. De acordo com a secretária municipal de Segurança. Giselda Matheus, o agente está há nove anos na GCM e não tinha histórico de agressão.

“A gente não sabe o que passou na cabeça dele. Ele estava à paisana porque estava indo para o trabalho. Nós o afastamos por 30 dias e atendemos o pai e o jovem na Ouvidoria, onde já abrimos o inquérito. Trabalhamos muito com os Direitos Humanos, então para a gente é um absurdo isso acontecer. Trabalhamos bem com a Guarda Municipal, tanto que não tem acontecido nada de agressão. Nossa gestão é contra a violência. Sou totalmente contra a isso. Chamei o jovem e a família que conversaram comigo e o comandante da Guarda Municipal e fizemos o acolhimento. Agora vamos aguardar, porque os pais  fizeram o boletim de ocorrência e concordamos que eles devem levar adiante. Quem vai responder por isso será o agressor como indivíduo, porque nós, como a Guarda, já o afastamos.”

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo