Sociedade de Cantores Arroio da Manteiga em pauta no encontro entre diretoria da entidade e governo municipal

17 de setembro de 2022 - 11:39
Fundada em 1896, a Sociedade de Cantores Arroio da Manteiga foi pauta do encontro entre o secretário Geral de Governo de São Leopoldo, Nelson Spolaor,o secretário de Cultura e Relações Internacionais, Pedro Vasconcellos, e o presidente da sociedade Romar Bordignon, e o proprietário do imóvel que faz divisa com o a área da entidade, Eduardo Möller.
A reunião tratou de uma possível negociação entre o empresário, que tem o objetivo de adquirir parte da área do terreno da Sociedade, a diretoria, a fim de que possa fazer a recuperação e preservação deste patrimônio inventariado e a Prefeitura com políticas de incentivo.

O secretário Nelson Spolaor destacou a importância histórica da entidade, assim como do desenvolvimento econômico e social para o município que pode resultar das tratativas. O secretário pontuou a necessidade da observância das legislações vigentes. “Nossa vontade é poder construir alternativa adequada ao instrumento jurídico que dê a condição de estabelecerem a parceria”, afirmou.

Pedro Vasconcellos falou sobre o projeto de lei do Executivo sobre o patrimônio cultural de São Leopoldo e Spolaor complementou outras iniciativas que a administração municipal vem tomando, como o Refis. Ficou encaminhado que a Sociedade protocole o pedido de análise técnica da prefeitura sobre pontos apresentados.

Bordignon ressaltou que a entidade faz parte da história alemã na Zona Norte do município e comentou sobre as dificuldades financeiras que a sociedade enfrenta, principalmente a dívida de IPTU. “Gostaríamos de vê-la reformada antes dos 200 anos de São Leopoldo”, frisou. De acordo com o presidente, a entidade projeta uma exposição de uma linha de tempo com a história dos imigrantes nesta região da cidade.

O diretor de Urbanismo da Secretaria Geral de Governo, João Henrique Dias, o coordenador de Patrimônio Cultural da Secretaria Municipal de Cultura e Relações Internacionais, Joel Santana, e o arquiteto e urbanista, membro do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural, Igor Faustauer, acompanharam o diálogo, assim como os membros da diretoria do clube social, Eclair Soares Galvão, Alexandro Galvão e Roselândia Bordignon,

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo