Movimento Hip Hop busca levar a arte e cultura para espaços públicos de São Leopoldo

13 de agosto de 2022 - 09:19

Promover eventos e ações que popularizam a cultura Hip Hop, foi pauta em reunião entre a Prefeitura de São Leopoldo e representantes do Movimento Hip Hop. O encontro ocorreu nesta sexta-feira (12), no Centro Administrativo, onde foram debatidas diversas alternativas sobre formas de o Poder Público incentivar a cultura e a educação por meio da arte.

“Nosso governo está sempre aberto ao diálogo, ouvindo e debatendo as sugestões e vamos construir ações em conjunto com os representantes do Movimento Hip Hop, temos um compromisso com cuidar bem da cidade e entendemos que as expressões culturais fazem parte deste contexto”, afirmou o secretário de Mobilidade e Serviços Urbanos, Sandro Lima.

A reunião ocorreu após a pintura dos pilares da linha do trem sobre os grafites feitos no local,  realizada de forma equivocada e sem autorização da Prefeitura, pela empresa terceirizada. A Semurb já notificou a empresa e reafirmou seu compromisso com a arte e a cultura nos espaços públicos no encontro realizado nesta manhã.

Sandro ainda garantiu que os pilares que sustentam as estruturas da Trensurb devem ser utilizados para grafite, embelezando a cidade, apresentando tanto as artes, quanto os artistas, e buscando a revitalização da cidade em conjunto com a comunidade.

De acordo com o integrante do Movimento Hip Hop, Braian Gehlen, a reunião foi muito importante. “Viemos aqui para esclarecer o que aconteceu com a nossa arte que estava lá nos pilares, buscar uma resposta oficial e isso nos foi apresentado. Lamentamos muito o ocorrido, mas agradecemos aqui o encontro, pois a Prefeitura de São Leopoldo está bem parceira, saímos mais satisfeitos do que eu imaginava”, afirmou Braian. Outras ideias que surgiram durante os debates foram a Semana do Hip Hop, projetos de educação para as crianças, galeria a céu aberto, entre outros.

O grafiteiro Mateus Greff, popularmente conhecido como Xamã, destacou. “Nós estamos mais maduros do que antigamente, mas isto é fruto da gestão de São Leopoldo que abre espaços e nos recebe”, falou Xamã.  Ele ainda disse que o objetivo é mostrar a arte para aqueles que não conhecem “Queremos ser respeitados, assim como respeitamos”, finalizou.

Ficou combinado no encontro que ao longo da semana as ideias e projetos serão colocados no papel, com o objetivo de viabilizar até o início do mês de setembro, e na próxima sexta-feira, 19 de agosto, uma nova reunião deverá definir os encaminhamentos das ações.

Participaram também da reunião a secretária de Segurança Pública e Defesa Comunitária, Giselda Matheus, o Ouvidor Municipal, Daniel Passaglia, o diretor de Revitalização Urbana, Adriano Maicá, a diretora de Gestão e Planejamento, Ana Paula Scherer,  o grafiteiro “Bart”, Elson “Mano Cascata”, Eduardo Tamborero e demais representantes. ”

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo