Iniciativas comunitárias começam a receber o repasse do São Léo Mais Comida No Prato

8 de agosto de 2022 - 15:33

A partir desta segunda-feira (8), as iniciativas comunitárias poderão fazer as compras semanais de alimentos perecíveis, não perecíveis, frutas, legumes, verduras, proteínas, também como insumos como óleo e gás, dentro do programa São Léo Mais Comida no Prato. Neste sentido, secretário de Assistência Social (SAS), Fábio Bernardo reuniu-se com representantes dessas iniciativas, na sede da Associação Meninos e Meninas de Progresso (AMMEP), na sexta-feira, 5 de agosto. Com a proposta de sanar as dúvidas, bem como explicar o funcionamento do programa.

O valor que cada iniciativa poderá utilizar na retirada de alimentos, por meio da instituição âncora, que faz o repasse para estas entidades, varia conforme a localidade da iniciativa. Como por exemplo, se estiver ou não em uma área de vulnerabilidade e também o número de refeições que a iniciativa oferece semanalmente para a população atendida. Se estiver localizada em uma área de ocupação, a iniciativa recebe o valor de R$ 3,50 por refeição oferecida, já em outra área o valor do auxílio fica em R$ 2,50.

“Percebemos que é muito mais eficaz potencializar essas iniciativas comunitárias, elas estão em todas as regiões da nossa cidade, assim conseguimos chegar nos locais mais distantes do nosso município, não faz sentido nós termos um restaurante popular na área central de São Leopoldo, pois quem mora em regiões mais distantes não teria como ir fazer sua refeição, nós enquanto gestão priorizamos a eficácia de todas as nossas ações e programas, para conseguirmos chegar em todas as pessoas que de fato precisam dos serviços da assistência social” comentou o titular da SAS, Fábio Bernardo.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo