Duas mulheres e uma adolescente apreendida em ponto de tráfico na Chácara dos Leões

6 de agosto de 2022 - 11:46

Duas mulheres de 28 e 21 anos foram presas e uma adolescente de 17 anos foi apreendida ontem (5), na Chácara dos Leões, entre as ruas 1 e 20, conforme a Polícia, em um conhecido ponto de tráfico. A operação de combate ao tráfico, foi coordenada pelo delegado Rogério Baggio, da 2ª DP. As prisões e a apreensão ocorreram após monitoramento feito pelos policiais em um conhecido ponto de tráfico localizado. Durante algumas horas as equipes acompanharam a movimentação do ponto e, somente após a comprovação do tráfico de drogas, houve a ação.

A mulher de 21 anos e a adolescente de 17 anos, que tinham antecedentes por tráfico, faziam a venda de cocaína na rua.Conforme a Polícia, a adolescente guardava a droga no lado interno do muro da residência e alcançava os entorpecentes para as traficantes conforme a demanda da comercialização. Após abordá-las, os policiais encontraram drogas enterradas na terra e escondidas no lado interno do muro. Ao todo, foram apreendidos 16 malotes de cocaína, que totalizaram mais de 160 porções da droga, assim como dinheiro em espécie.

De acordo com o delegado Rogério Baggio, “a 2ª DP de São Leopoldo tem realizado monitoramento e deflagrado ações em vários pontos de tráfico da região”. A autoridade lamenta o fato de que na maior parte dos pontos monitorados adolescentes têm participado ativamente da traficância. “Eles são aliciados a desempenhar várias funções, desde a função de olheiro, para dificultar ações policiais, como da própria venda dos ilícitos. São vistos por quem comanda o tráfico como mão de obra barata, por acreditarem que as condutas ficarão impunes”. Por fim, destaca que a delegacia conta com a cooperação da comunidade para o desenvolvimento das ações.

Após a formalização dos autos, as presas e a apreendida foram encaminhadas à Justiça. A identidade das investigadas não é divulgada devido à Lei de Abuso de Autoridade.

DENÚNCIAS

A comunidade pode colaborar com o trabalho da Polícia Civil através do repasse de informações pelo número 997.011.738 – WhatsApp e Telegram. O sigilo é garantido.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo