POR SÔNIA BETTINELLI: Casados em 2022, Cidadania e PSDB de São Leopoldo almejam a mesma vaga em 2024

3 de agosto de 2022 - 00:07
Por Sônia Bettinelli

A decisão nacional do Cidadania e PSDB de formar federação para disputar a eleição de 2022, tem efeito cascata, ou seja, a regra deve ser seguida nos estados e municípios. No caso de São Leopoldo é casamento por quatro anos entre Gabriel Dias (Cidadania) e Marcelo Buz (PSDB), atuais candidatos a deputado estadual e federal.

2022

Para a eleição de 2022, a situação é tranquila sem que um interfira na campanha do outro, podendo inclusive fazer dobradinha durante a campanha.

 Negociação x janela partidária

Quando o assunto é 2024, disputa municipal, a Federação Cidadania/PSDB –  respectivamente Gabriel Dias e Marcelo Buz –  poderá ter dois candidatos para uma única vaga de prefeito. O caminho seria a negociação entre os dois candidatos ou a janela partidária seis meses antes da eleição, que permite mudança de partido sem a perda do cargo. Situações inusitadas que as decisões de Brasília produzem com reflexos diretos nos municípios.

Mais de 20 candidatos

Até agora, a lista de candidatos de São Leopoldo para deputado estadual e federal passa de 20 nomes. Como o prazo das convenções encerra no dia 5, sexta-feira, é possível que o número seja ainda maior. Portanto, os eleitores leopoldenses não poderão dizer que a cidade não oferece opções para ir votar.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo