19 de julho de 2022 - 13:16

A Polícia Civil, por meio de equipes da 2ª Delegacia de Polícia de São Leopoldo, sob coordenação do delegado Rogério Baggio, deflagrou uma operação contra o tráfico de drogas em São Leopoldo, na manhã desta terça-feira (19). Duas pessoas foram presas no bairro São Miguel, no complexo habitacional conhecido como Carandiru, em São Leopoldo. Os homens, um de 23 e outro de 27, foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

As prisões ocorreram depois de monitoramento feito pelos policiais civis na Rua Lindomar de Borba, em um ponto identificado pelos próprios traficantes como “Loja Narcos Charrua”. De acordo com o Delegado Rogério Baggio, “os envolvidos no tráfico de drogas chegaram a nominar o ponto no Google Maps. Depois da incursão no complexo habitacional, os policiais civis conseguiram identificar a função de cada criminoso. Um deles era a olheiro do grupo, enquanto no interior do beco, com uma sacola, outro fazia a comercialização do entorpecente”.

Em uma sacola, havia 286 porções de cocaína e 34 porções de maconha, além de dinheiro. Segundo o Delegado Rogério Baggio, o ponto de drogas “Loja Narcos Charrua” é um dos maiores da cidade, em venda de cocaína. “Há olheiros que coordenam e identificam os potenciais compradores que, quando chegam ao local, são encaminhados para o ponto exato em que o vendedor está com a droga”, destaca.

Rogério Baggio ressalta que a comercialização de drogas se dá em meio aos moradores que residem no local. “A loja está no interior do beco, exatamente no local indicado pelos próprios traficantes no Google Maps. Eles, inclusive enviam a localização para os consumidores”.

Os dois possuem antecedentes criminais. O de 23 anos tem antecedentes por vias de fato; o outro possui dois antecedentes por tráfico de drogas. Ambos foram conduzidos à 2ª Delegacia de Polícia. Após a formalização dos autos, a dupla foi encaminhada ao sistema prisional. A identidade dos investigados não é divulgada devido a Lei de Abuso de Autoridade.

UMA PRISÃO POR DIA

Neste mês de julho, a 2ª Delegacia de Polícia de São Leopoldo prendeu 19 indivíduos. O equivalente a uma prisão por dia, entre foragidos, traficantes e estelionatários. O trabalho é resultado da qualificação nas investigações. “Nós temos trabalhado fortemente na comunidade e contamos com apoio dos moradores para denúncias. É fundamental que, em caso de informações que possam colaborar, entrem em contato conosco”, salienta o delegado Rogério Baggio.

DENÚNCIAS

A comunidade pode colaborar com o trabalho da Polícia Civil através do repasse de informações pelo número 997.011.738 – WhatsApp e Telegram. O sigilo é garantido.

contriole de uinfecção do hospital tem um médico que faz isso, e uma enfermeria cria cargo para controle da infecção FG

mesmo paramar de gestão

o me´dico era diretor e a enfermeira como coordenadora com salário menos coordenadores de linha de cuidado

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo