Buscas por Alessandra recebem o reforço de cães farejadores de Santa Maria

18 de julho de 2022 - 12:15
Por Juliano Palinha/Berlinda News

As buscas pela advogada Alessandra Dellatorre, 29 anos, que está desaparecida desde sábado (16), seguem no horto localizado entre Sapucaia do Sul e São Leopoldo.

Em live para o Berlinda News na manhã desta segunda-feira (18), a Major Karyn Savegnago, do 2ºBatalhão de Bombeiros Militar, ressaltou que as buscas não pararam durante a madrugada. “Cada hora que passa temos mais informes e isso nos dá mais subsídios para intensificar as buscas”, explicou.

Segundo ela, a procura pela advogada ganhou uma ajuda a mais hoje de manhã com a chegada de cães farejadores do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Santa Maria. “São cães que possuem a técnica de odores específicos. Então fomos até a casa da Alessandra e recolhemos alguns pertences dela para que possam procurar especificamente por ela. Um cão fez algumas marcações na mata e a partir disso estamos organizando algumas ações”, revelou a major.

Durante a madrugada, um cão da Companhia Especial de Busca e Salvamento de Porto Alegre também foi usado. Conforme a Major Karyn, a mata fechada dificulta na visualização, por isso o auxilio dos cães é tão importante.

As buscas estão concentradas no horto desde domingo (17), já que foi o local onde Alessandra foi vista pela última vez por um morador que conseguiu descrevê-la e identificá-la.

Nesse momento, homens do Corpo de Bombeiros, Brigada Militar, Polícia Civil e exército da região, além da Guarda Civil Municipal de São Leopoldo trabalham incessantemente, inclusive com o apoio de helicópteros.

Alessandra saiu sozinha para caminhar por volta das 14h30 de sábado no bairro Cristo Rei, onde vive. Ela vestia uma legging e moleton cinzas.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo