Vanazzi assina termo de desenvolvimento de sustentabilidade e Barco Escola começa sair do papel

22 de junho de 2022 - 07:00

Com o processo judicial trabalhista envolvendo o barco Martin Pescador, que está ancorado em Porto Alegre, o Barco Escola começa a sair do papel. Ontem (21) o prefeito, Ary Vanazzi, assinou o termo de parceria com o Sebrae para o desenvolvimento do projeto de sustentabilidade econômica do barco de ecoturismo em São Leopoldo. A iniciativa visa a construção e o estabelecimento de um barco escola que possa ser utilizado para diversos fins, como turismo e educação ambiental. O ato foi realizado na tarde desta terça-feira (21), e contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico, Juliano Maciel, do secretário de Meio Ambiente, Anderson Etter, e do representante do Sebrae/RS, Ruben Schollmeier.

De acordo com Vanazzi, é mais uma parceria importante com o Sebrae que trará benefícios para a cidade. “A questão ambiental é central para nós enquanto governo. Temos um potencial turístico muito grande e a ideia é transformar o barco em uma política pública integrando história, educação e turismo. Por isso, essa parceria é tão relevante”, destacou o prefeito.

O secretário, Juliano Maciel, ressaltou o potencial turístico da iniciativa. “Temos desenvolvido várias políticas públicas na área do turismo. O contexto do bicentenário municipal nos abre inúmeras possibilidades o que, integrado com a Rota Romântica e o Vale Germânico, potencializa tanto o projeto quanto o turismo na cidade”, comentou.

Para o secretário, Anderson Etter, é uma forma de olhar para a cidade além do aspecto econômico. “É um equipamento público com foco na educação ambiental, possibilitando que escolas e entidades conheçam o Rio dos Sinos. O barco escola ficará à disposição da sociedade, trazendo um legado de educação socioambiental e de ecoturismo”, disse.

A parceria com o poder público foi elogiada pelo representante do Sebrae. “Ficamos felizes na confiança para participar de mais esse projeto e em trabalhar nessa transversalidade das áreas. O turismo gera muitas oportunidades e empregos e toda essa região tem muito potencial”, ressaltou Schollmeier.

Também estiveram presentes no ato o secretário de Assistência Social, Fábio Bernardo da Silva, o secretário-adjunto da Sedettec, Mário Rosito, e a representante da diretoria de turismo, Rosângela Vianna da Silveira.

Projeto Barco Escola

Através de uma compensatória ambiental, a empresa Marítima, de engenharia naval foi contratada para a elaboração do projeto executivo do Barco Escola. A embarcação será adquirida com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente (Fundema) e utilizada prioritariamente como local de educação ambiental para toda comunidade leopoldense.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo