Suspeito de matar colega dentro da empresa, em São Leopoldo, deve se apresentar hoje à Polícia

9 de junho de 2022 - 11:04

Quatro dias após o crime que resultou na morte de Marcelo Camillo, 36 anos, dentro da empresa Sul Cromo, na manhã de segunda-feira (6), em São Leopoldo, o suspeito de 54 anos, deve se apresentar hoje (9), na DP de Homicídios.

Sobre a motivação do crime, o delegado André fala.” Ainda não, até isso ainda está incerto. Surgiu a discussão do café, mas falaram que poderia ser outra coisa”, explica.

O crime provocou comoção na cidade, especialmente na região da Capela Nossa Senhora Aparecida, na Cohab/Duque onde Marcelo morava. Ele foi velado na capela e sepultado no interior do Estado. Marcelo deixou um filho de 18 anos.

20 anos de empresa

O suspeito de 54 anos trabalhava na empresa há 20 anos, enquanto a vítima estava há três anos. O Sindicato dos Metalúrgicos fez um ato em frente à empresa e pediu o fim da violência por meio de nota no site do sindicato.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo