“Eu luto, brigo por uma política de verdade, transparente”, vice-prefeita Imília Souza

2 de maio de 2022 - 18:17
Por Sônia Bettinelli

Advogada de formação, Imília Souza, uma paranaense radicada em Sapucaia do Sul desde a década de 80, é a vice-prefeita da cidade após um mandato de vereadora. Ao lado do prefeito Volmir Rodrugues (PP), Drª Imília não para. Porém, admite que na campanha dizia que se necessário fosse, eles (vice e prefeito) trabalhariam 24 horas por dia. “Eu dizia,  sem entender muito o que estava dizendo e isso realmente é verdade, é trabalho 24 horas por dia”, disse no Berlinda News Entrevista de hoje (2).

Casada com o atual deputado estadual Vilmar Lourenço (PP), a vice-prefeita sabia desde sempre que fazer gestão municipal é desafio diário e aprendizado constante sobre críticas e demandas. “Eu luto, brigo por uma política de verdade transparente. A comunidade precisa saber o que estamos fazendo, precisamos dizer que isso só terá resultado em tal época porque depende de tal fato. Dessa forma haverá a cobrança, mas virá de outra forma. Essa é a transparência que defendo”, destacou a vice-prefeita. Confira alguns temas da conversas.

Reinauguração da Praça General Freitas

“Quando falamos em praça estamos falando de crianças, de família e de inclusão. Tive uma irmã especial e sei como é difícil tentar incluir. Você sai na rua e todos olham. E na nossa praça temos brinquedos especiais e a comunidade precisa entender. A nossa praça é a primeira grande entrega, vem muito mais.”

Sala lilás

“A violência doméstica é um problema grave em nossa cidade e exige medidas para atender essas mulheres. Esse é o objetivo da sala lilás no Hospital Getúlio Vargas. É um espaço de acolhimento que evita mais constrangimento e dor dessa vítima de uma sociedade que precisa evoluir. Todo atendimento será nesse espaço e o primeiro contato será com assistente social para saber a realidade dessa mulher.”

Musicoterapia

“O convênio com a Faculdades EST para levar música aos pacientes internados no Getúlio Vargas é um sonho que sempre tive para amenizar o sofrimento. A música torna o ambiente hospitalar melhor, mais leve e principalmente permite momentos de alegria e paz.”

Distrito Industrial

“Até setembro, entregaremos o Distrito Industrial, projeto que se arrasta há mais de 20 anos sempre com impasses e falta de coisas óbvias, como a parte da energia elétrica no projeto inicial. ”

Acolhimento para animais

“Em Sapucaia do Sul, o abandono de animais é um problema sério e agora estamos trabalhando no espaço de acolhimento, uma espécie de casa de passagem na parte próxima ao Distrito Industrial, que a princípio não seria usado para nada.”

Ouça o programa na íntegra

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo