28 de abril de 2022 - 12:49

Maternidade é tema do Cinema e Psicanálise no CPRS nesta quinta
Encontro do Círculo Psicanalítico do Rio Grande do Sul aberto ao público debate o filme A filha perdida
A maternidade, suas angústias, os sentimentos de culpa, a falta, o cansaço e a sororidade entre mulheres que se deparam com o tema a rondar suas vidas, balizam o roteiro do filme A filha perdida (2021), da diretora Maggie Gyllenhaal. A obra será debatida nesta quinta-feira, 28/4, a partir das 20 horas, no encontro on-line Cinema e Psicanálise, promovido pelo Círculo Psicanalítico do Rio Grande do Sul.

 

A organização caberá a Ana Lucia Nejar e Vivianne Guimarães Fulber. “Convidamos a todos para esse mergulho, debater A filha perdida, o mar do feminino que transborda em analogias e lança uma onda de perguntas. Resta-nos tentar ancorar a atenção para experienciar a beleza do cinema”, afirma Ana Lucia.
As portas para o universo vasto do gênero permitem ampliar a discussão no encontro aberto ao público via Zoom.

FILME
A adaptação do livro de Elena Ferrante para o cinema traz no elenco a oscarizada Olivia Colman como a protagonista Leda: uma professora universitária de 48 anos que resolve espairecer em mares tranquilos, porém é obrigada a dividir sua paz com uma horda de visitantes barulhentos.
No jogo de enfrentamentos, o passado de Leda emerge (com a consistente interpretação de Jessie Buckley), principalmente a relação com suas duas filhas, a dificuldade em conciliar o papel materno, o lugar de esposa, a vida a sufocar seu desejo de tempo e liberdade para investir na carreira.
Transitando entre flashbacks e uma realidade que revira suas escolhas, a obra traz a marca de Ferrante, a crueza do feminino, suas formas e suas explosões psíquicas e corporais.
“Solicitamos que assistam A filha perdida previamente. Está disponível na plataforma Netflix”, complementa Vivianne.

Sobre as organizadoras:
Ana Lucia Nejar: Tem graduação em Comunicação Social – Jornalismo na Unisinos, psicanalista em formação no CPRS
Vivianne Guimarães Fulber: Tem graduação em Ciências Sociais na Unisinos, Mestrado em Sociologia pela UFRGS, psicanalista com formação no CPRS.

Sobre o Cinema e Psicanálise:
Quando: quinta-feira, 28/4, às 20 horas
Como participar: atividade gratuita e via Zoom
Mais informações pelo www.circulopsicanaliticors.com.br

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo