Idosos representam sete a cada dez óbitos por gripe nos últimos meses

16 de abril de 2022 - 10:26

Foram confirmados no Rio Grande do Sul 48 óbitos por gripe do tipo Influenza entre novembro de 2021 e abril deste ano. Desses, 34 aconteceram com pessoas com 60 anos ou mais, o que representa 71% das ocorrências. Por ser um público com maior risco de morte, esse é um dos grupos prioritários para o qual já está aberta a campanha de vacinação contra a gripe.

Iniciada no último dia 4 de abril, nessa primeira etapa da campanha os públicos elegíveis são os 2,1 milhões de idosos residentes no RS e os 361 mil trabalhadores da saúde. Em 3 maio a campanha será aberta para os demais grupos prioritários, que no Estado somam outras de 2,3 milhões de pessoas.

Dados até esta segunda-feira (11/04) indicam que cerca de 270 mil idosos já foram vacinados durante a primeira semana da campanha, cerca de 13% do total. As atualizações das doses aplicadas estão no painel do Localiza SUS do Ministério da Saúde.

 Primeira etapa – a partir de 4 de abril

  • Pessoas com 60 anos ou mais: 2.143.707
  • Trabalhadores da saúde: 361.210

Segunda etapa – a partir de 3 de maio

  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias): 620.932
  • Gestantes e puérperas: 114.166
  • Povos indígenas: 24.659
  • Professores: 141.254
  • Pessoas com comorbidades: 777.224
  • Pessoas com deficiência permanente: 399.436
  • Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas: 70.385
  • Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso: 157.120
  • Trabalhadores portuários: 4.051
  • Funcionários do sistema prisional: 4.881
  • População privada de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas: 40.099

TOTAL DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS: 4.859.123

Casos e óbitos por influenza no RS

O Rio Grande do Sul registrou ao longo do ano passado 120 casos de hospitalizações (por Síndrome Respiratória Aguda Grave) associadas à Influenza. Entre esses, 14 evoluíram para óbitos, todos esses ocorridos em novembro e dezembro. Em 2022 já são 176 casos confirmados, com 35 óbitos entre eles.

Todos esses casos registrados foram confirmados para o subtipo Influenza A-H3N2.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo