São Leopoldo já registra 59 casos positivos de dengue

27 de março de 2022 - 08:58

Até o momento, São Leopoldo já registrou 59 ocorrências positivas de dengue. Uma força-tarefa foi montada e neste sábado o trabalho de controle à proliferação do mosquito aedes aegypti seguiu intenso. Agentes de combate às endemias percorreram ruas dos bairros Rio Branco e Santa Teresa para orientar moradores. Na sequência, uma equipe terceirizada realizou a aplicação de inseticida. Essa é a terceira vez que o bairro recebe o trabalho de dedetização de um total de cinco recomendado pelo Ministério da Saúde após a confirmação de um caso.

O supervisor de campo da Vigilância em Saúde, Matheus Severo, responsável por coordenar o procedimento, lembrou que o trabalho dos agentes é realizado diariamente ao longo do ano. “Antes de surgirem os casos, sempre realizamos vistorias em pontos estratégicos e visitas nas residências como forma de prevenção. Diante da confirmação de casos, estamos agora executando a aplicação de inseticida. Por isso pedimos, mais do que nunca, a colaboração dos moradores em vistoriar seus pátios e evitar o acúmulo de água limpa”, reforçou.

Prevenção e controle diário em São Leopoldo

O controle vetorial e a prevenção do Aedes são realizados pela Vigilância Ambiental com base nas Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue do Ministério da Saúde (MS). Atualmente, a equipe da Vigilância Ambiental conta com duas biólogas, uma residente em biologia, dois veterinários e 23 agentes de combate às endemias (ACEs).

O trabalho de prevenção é feito diariamente por meio de visitas domiciliares e em pontos estratégicos (PEs), como por exemplo: cemitérios, borracharias, floriculturas, ferros-velhos, depósitos de material de construção. Quando são encontrados focos do mosquito ou possíveis criadouros, a equipe realiza atividades educativas, tratamento mecânico (eliminação de criadouros) e coleta de amostras para identificação laboratorial.

Cuidados dentro das casas e apartamentos

  • – Tampe os tonéis e caixas d’água;
  • – Mantenha as calhas sempre limpas;
  • – Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • – Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • – Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • – Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • – Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais.

Área externa de casas e condomínios

  • – Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas;
  • – A água da piscina deve ser tratada o ano inteiro;
  • – Limpe ralos e canaletas externas;
  • – Atenção com bromélias, babosas e outras plantas que podem acumular água;
  • – Deixe lonas bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;
  • – Guarde os pneus em local coberto ou fure-os para que não acumulem água;
  • – Não deixe água da chuva acumulada em qualquer lugar.
Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo