Esteio zera fila de espera por endoscopias digestivas altas

5 de março de 2022 - 08:32

Um aumento no número de vagas no início de 2022 permitiu à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) zerar, em dois meses, a fila de espera por endoscopias digestivas altas (EDA) em Esteio. No final do ano passado, 299 usuários aguardavam uma data para fazer o procedimento, que é realizado na Fundação de Saúde Pública São Camilo (Hospital São Camilo) e chegou a ter uma espera de quase um ano. A instituição de saúde abriu, em média, mais 15 agendas por semana para pacientes encaminhados pela Prefeitura, chegando agora a um total de 35 atendimentos semanais.

Também conhecida pelo “simples” termo de esofagogastroduodenoscopia, a EDA tem por objetivo identificar algumas das doenças mais comuns do sistema digestivo superior. Ela é realizada com a introdução, pela boca do paciente, de um aparelho tubular flexível, com uma luz na ponta e uma microcâmera digital, que permite a visualização direta do interior do esôfago, estômago e duodeno para identificação de eventuais alterações ou lesões.

O acesso ao procedimento é realizado via as unidades básicas de saúde (UBS) do Município, caso o médico identifique, no atendimento, a necessidade. Graças ao Módulo de Regulação Informatizado, implantado em 2020 pela Prefeitura, assim que a consulta é finalizada na UBS, o encaminhamento já vai para o Setor de Regulação da SMS, diminuindo a burocracia e os deslocamentos. O paciente vai para casa e aguarda o aviso da liberação do serviço, bem como a confirmação da data do procedimento. Conforme o Relatório de Execução Anual das Ações Governamentais de 2021, a Administração Municipal ofertou, no ano passado, 6.211 exames especializados a esteienses.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo