HOMENAGEM: Tom Astral será nome da pista de eventos e desfiles carnavalescos em São Leopoldo

24 de fevereiro de 2022 - 19:58
Por Sônia Bettinelli

Na véspera da data oficial do carnaval 2022 (sem desfiles por conta da covid), a Câmara de Vereadores de São Leopoldo aprovou projeto que dá o nome de Tom Astral, para pista de eventos e desfiles carnavalescos da cidade, independente de sua localização. Autora do projeto, a vereadora Nadir Jesus (PT), destacou o reconhecimento. “É muito importante para todos nós, população periférica e artistas da cidade. E para a querida família Bitencourt, nosso abraço e a certeza que a memória do Tom Astral, vítima da covid, ficará para sempre”,.

Tom Astral morreu no dia 18 de novembro de 2020, aos 47 anos de idade,  vítima de complicações da covid, um dia após ser internado no Hospital Centenário. Deixou os pais, a esposa Luciane e os filhos Mélani e Lorenzo.

No dia 3 de dezembro de 2021, em sessão solene pelo Dia do Samba, na Câmara de Vereadores de São Leopoldo, na tribuna, Vini Brito, jornalista e compositor, sugeriu à vereadora Nadir Jesus que encaminhasse um projeto para dar nome à pista de eventos e de desfiles carnavalescos, em Sâo Leopoldo, de Tom Astral.

Tom Astral por Vini Brito

“Ele foi cantor, compositor, instrumentista. Foi compositor de samba enredo em São Leopoldo, Porto Alegre. Foi campeão do carnaval de SL, de Guaíba foi campeão comigo. Diretor de Harmonia da União da Vila IAPI em Porto Alegre, Império da Zona Norte de Porto Alegre, foi cantor pela Restinga.

Tem uma história de mais de 20 anos como uma grande figura do carnaval no aspecto musical, como músico tocando cavaquinho, como diretor de harmonia, foi um maestro comandando a escola no carro de som. Foi jurado inclusive em Uruguaiana e outras cidades do interior.

No universo do pagode ele foi integrante do grupo Samba Astral, vem daí o nome de Tom Astral. Um grupo de pagode que fez muito sucesso nos anos 90, além do RS, se apresentando em Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Fora da música era servidor público concursado pela CEEE.”

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo