Ministro Paulo Guedes propõe liberar o FGTS para pagar dívidas

22 de fevereiro de 2022 - 17:11

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo pode liberar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a inadimplentes que estiverem precisando de crédito. Guedes deu essa declaração ao participar da CEO Conference, evento que reúne líderes empresariais e políticos brasileiros promovido pelo BTG Pactual.

“Podemos mobilizar recursos do FGTS também porque são fundos privados. São pessoas que têm recursos e que estão passando por dificuldades. Às vezes o cara está devendo dinheiro no banco e está credor no FGTS. Por que não sacar essa conta e liquidar a dívida do outro lado?”, declarou Guedes no evento, que pode ser acompanhado ao vivo no site do banco.

O endividamento das famílias brasileiras em 2021 foi o maior nos últimos 11 anos, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) divulgada no final de janeiro deste ano pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O levantamento afirma que 76,3% das famílias brasileiras tinham dívidas em dezembro do ano passado. Segundo a CNC, isso ocorreu porque as pessoas recorreram ao crédito para sustentar o consumo.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo