Empresas suspendem trabalhos externos em função do calor

24 de janeiro de 2022 - 15:44

Em função da intensidade do calor, duas empresas de Lajeado suspenderam as atividades para funcionários que trabalham externamente. A iniciativa é do gerente-geral nos dois estabelecimentos, Cristian Hauenstein em conjunto com seus sócios e envolve colaboradores da Crisales Jardins e Criati Artefatos de Cimento, ambas com sede em Lajeado.

Conforme reportagem do Grupo A Hora, de Lajeado, como o trabalho nos dois locais expõe os funcionários ao sol em horários de intenso calor, a ideia é que as atividades aconteçam nas primeiras horas da manhã. No restante do expediente são desempenhadas funções internas e alguns dos colaboradores são dispensados.

De acordo com Hauenstein, a decisão visa preservar a saúde dos empregados e ocorre desde a última sexta-feira, sendo analisado em cada turno a temperatura e condições para trabalhar. “A minha empresa não funciona sem os nossos colaboradores, então a gente precisa preservar a saúde deles”, comenta.

Funcionário da Crisales Jardins há cerca de três anos, Allison Zimmer valoriza a medida adotada pela empresa e reconhece que o trabalho estava mais complicado devido a alta temperatura. “A gente faz o plantio de grama, ajeita pátio então a gente consegue trabalhar melhor”, explica.

Na tarde desta segunda-feira (24) a decisão foi de suspender o expediente fora das duas empresas. Para esta terça-feira a definição vai depender do clima, especialmente para o turno da tarde quando o calor é mais intenso.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo