Ao menos dois ficam feridos após incêndio em fábrica da Stihl, em São Leopoldo

21 de janeiro de 2022 - 10:14

por Felipe Faleiro

Um incêndio em dois contênieres na fábrica da empresa Stihl, no bairro São Borja, deixou pelo menos duas pessoas feridas na manhã desta sexta-feira, 21. Conforme informações do Samu, um deles armazena magnésio, elemento químico utilizado na fabricação de motosserras, e no outro fica um escritório, localizado ao lado. O contêiner de magnésio teria entrado em combustão espontânea.

A Brigada de Incêndio da empresa foi acionada, bem como o Corpo de Bombeiros de São Leopoldo. Funcionários teriam tentado mover as estruturas para a rua, mas uma pessoa acabou ferida com queimaduras no braço e tórax. Outra foi atendida no ambulatório da empresa, pois inalou fumaça. A pessoa com queimaduras foi levada pela própria ambulância da empresa para uma unidade de saúde. O Samu foi até o local, mas não precisou realizar os atendimentos, visto que eles já haviam sido feitos pela própria Stihl.

O elemento químico magnésio é considerado pirofórico, ou seja, em contato com a água ou umidade do ar, queima ainda mais, o que pode ter contribuído para o fogo se alastrar, disse uma fonte à reportagem. Segundo esta mesma fonte, as chamas teriam chegado a até 30 metros de altura.

Procurada pelo Berlinda, a Stihl afirmou que está “fazendo o levantamento das informações” e uma nota será divulgada na sequência.

Confira fotos do local do incêndio:

Confira vídeo da movimentação próxima ao fogo:

CORREÇÃO: uma versão anterior desta reportagem dizia que a Stihl fica no bairro Rio Branco. Na realidade, é bairro São Borja. A informação foi corrigida.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo