Nova variante do coronavírus preocupa cientistas e Anvisa recomenda restrições para voos da África do Sul e mais 5 países

26 de novembro de 2021 - 12:45
Por Juliano Palinha

Por causa da nova variante do coronavírus, a B.1.1.529, a Anvisa emitiu nesta sexta-feira (26), uma nota técnica recomendando a implementação de medidas restritivas para entrada de viajantes procedentes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

De acordo com a nota, elaborada pela Agência como subsídio e orientação às decisões do governo brasileiro, a recomendação tem medidas restritivas de caráter temporário em relação esses viajantes.

Conforme o virologista e professor da Feevale Fernando Spilki, que também coordena a Rede Corona-ômicao, essa cepa foi registrada pela primeira em Botsuana, mas já foram confirmados casos na África do Sul, Israel, Hong Kong e Bélgica. “Esse variante surge em Botsuana, com uma rápida expansão em período recente na África do Sul, com um aumento do número de casos, substituindo a variante Delta nesta região que tem baixa perfil de vacinação. Neste momento sabemos que já chegaram paciente com essa mesma variante em Israel, Hong Kong e Bélgica, esse indivíduo da Bélgica inclusive chegando do Egito no dia 11. Então é uma variante que está sendo observada porque tem bastante mutações, mais do que normal das variantes que tínhamos até agora”, comenta.

Spilki diz que por enquanto não há registro no Brasil de casos e teste estão sendo feito para saber a eficaz das atuais vacinas diante deste novo vírus.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo