Piranha vermelhas que chegou ao Guaíba pode atingir municípios banhados pelo Rio dos Sinos

12 de novembro de 2021 - 16:40

O Ibama está monitorando o avanco das piranhas vermelhas que chegaram no Guaíba e podem atingir municípios banhados pelo Rio dos Sinos. Segundo autoridades da área ambiental, a chegada do calor e os baixos níveis de chuva favoreceram sua proliferação.

A piranha vermelha, também chamada de palometa, é comum na região da bacia do Rio Uruguai, em cidades como Uruguaiana e Rosário do Sul. No ano passado, o peixe invadiu a bacia do Rio Jacuí, que banha cidades como Cachoeira do Sul, Rio Pardo e a região Carbonífera.

Em uma colônia de General Câmara, a proliferação de piranhas vermelhas fez com que a pesca diária de 20 kg por pescador caísse para 2 kg. Segundo o Ibama, até o momento já foi verificada a presença da piranha vermelha nos municípios de Santa Margarida do Sul (Rio Vacacaí), Restinga Seca, Rio Pardo, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul, General Câmara, Vale Verde, São Jerônimo (Rio Jacuí) e Estrela (Rio Taquari). No entanto, de acordo com o Departamento de Biodiversidade da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema-RS) o peixe já foi identificado também na Bacia do Guaíba, próximo a Barra do Ribeiro, o que indica que o animal passou por Porto Alegre.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo